Turismo em Belém

O município brasileiro conhecido como Belém do Pará, é a capital paranaense. Um local singular, que chama atenção com seus rios que acabam se tornando os portões para a vasta e mundialmente conhecida Amazônia.

Turismo em Belém - Vista
Foto: viagemeturismo.abril.com.br / Belém do Pará

. Saiba quando ir a Belém ?

A localidade é conhecida pelo mercado Ver-o-Peso e seu prato típico, Pato no Tucupi e também a maior procissão católica do país, o Círio de Nazaré. Esses são apenas algumas das muitas atrações que essa cidade incrível tem a oferecer.

O local é repleto de características históricas únicas, além de polos gastronômicos que te farão apreciar a vasta i inigualável culinária regional.

Como chegar?

A primeira opção para se chegar a Belém é de carro, pela BR-153, também chamada de Rodovia Belém-Brasília. Essa importante rodovia é responsável por interligar a capital a Brasília e ao restante do país.

Turismo em Belém - Vista
Foto: viagemeturismo.abril.com.br / Centro Histórico

Dependendo de onde você mora, esta pode ser uma opção muito vantajosa, por te permitir utilizar seu próprio carro, economizando gastos com passagem e lhe dando o conforto para se locomover com mais facilidade pela região.

.Saiba tudo sobre Alter do Chão

Para quem opta por esse meio de transporte, o aeroporto internacional de Belém (Val de Cans), será o mais utilizado. Diversas companhias atendem essa região com uma variedade de voos para facilitar sua locomoção.

Para aqueles que querem economizar, uma boa opção é ir de ônibus. O terminal rodoviário localizado em São Braz é munido por 20 companhias que atendem as cidades próximas e as principais capitais brasileiras.

São muitas as opções que te permitem chegar em Belém com tranquilidade e com várias possibilidades para se enquadrar a sua condição. Mas por mais incrível que pareça, as formas de chegar a este paraíso reservado não acabaram.

Por último, ainda temos uma opção inusitada para chegar a esse lugar único. Para aqueles que querem uma experiência singular, existe a opção de ir de ir pelos rios da Amazônia.

Existem barcos que fazem a viagem para Santarém e Manaus. Você consegue uma experiência incrível e um passei bem divertido, fazendo dessa uma excelente opção para se chegar a Belém.

Seja como for, a ida e essa cidade é inesquecível e vai te trazer lembranças eternas e muito agradáveis desse lugar incrível escondido no país e que vem sendo cada vez mais explorado pelos turistas devido a suas belezas.

Quando ir?

Agora que já falamos um pouco sobre como chegar a esta cidade maravilhosa, e já dei uma pequena entrada sobre o turismo por lá, vamos para outro ponto bem importante antes de adentrar de fato nas atrações locais.

Agora que o interesse para conhecer esse lugar incrível já surgiu, vamos te explicar qual o melhor momento para fazer sua viagem e aproveitar tudo que essa cidade tem para oferecer.

Por se a porta de entrada da Amazonia, Belém é uma cidade bem quente e chuvosa. O que facilita a sua ida em qualquer época do ano, mas se você quiser fugir dessa chuva a melhor época para ir é entre julho e novembro.

Saber dessas informações climáticas fazem a diferença no planejamento da sua viagem pois você já estará preparada para o clima da região. Outro elemento interessante a se saber antes de marcar sua visita, é a data dos eventos locais.

No mês de outubro, por exemplo, é realizado o Círio de Nazaré, que é o maior evento da Capital, tornando essa uma excelente época para o turismo, principalmente para os católicos que desejam participar do evento.

Como esse é o principal evento da cidade, você precisa planejar sua viagem com antecedência e ter em mente que pagará um pouco mais caro para desfrutar desse grande evento.

Para apaixonados pela culinária, existe também a opção de ir em maio, mês que ocorre o festival Ver-o-Peso da Cozinha Paraense. O evento reúne chefes de todo o país, com diversas delicias regionais que irão de deixar com água na boca.

Melhor época para visitar Belém

Com base em todas as dicas que já foram dadas, agora é só montar o planejamento ideal para sua viagem de forma que atenda às suas preferências e disponibilidades.

Se você não abrir mão do Círio de Nazaré, já sabemos que a melhor data é em outubro, sem contar que essa também é uma excelente data com relação ao clima.

Agora se você for fã da comida regional, e não quiser perder um incrível evento culinário, você não vai reparar nas chuvas e vai querer agendar correndo sua viagem para o próximo mês de maio e apreciar a culinária.

Agora, se você não sente necessidade de participar de nenhum evento e sua única intenção é conhecer a cidade, seus pontos turísticos e aproveitar um belo passeio por lá, você pode ir num mês menos movimentado e ainda economizar.

Pontos turísticos em Belém

·       Estação das Docas:

Com entrada franca, este local é uma recuperação de um ponto histórico doas armazéns do porto, e hoje é repleto de bares, lojas e eventos para entreter da melhor forma possível os turistas locais.

Turismo em Belém - Estação das Docas
Foto: viagemeturismo.abril.com.br / Estação das Docas

Se tornou um enorme centro de lazer, gastronomia e cultura, e é ainda um excelente local para passear pela orla da Baía do Guajará. Uma grande alusão ao turismo dessa região.

O local funciona todos os dias das 10h às 24h para orla e armazéns, já para mezaninos e barracas o funcionamento é de 12h às 22h. Garantindo muita diversão a sua viagem.

·       Mercado Ver-o-Peso

Considerada a maior feira da América Latina, o mercado Ver-o-peso, é um dos principais pontos turísticos da região. Ele ganhou esse nome pois no início, lá se pesavam as mercadorias para assim cobrar os impostos.

Localizado as margens da baía Guajará, na Cidade velha, o local é uma iguaria da arquitetura e paisagismo. Lá podemos encontrar de tudo, incluindo os principais produtos utilizados na região.

Mercado Ver-o-Peso
Foto: viagemeturismo.abril.com.br / Mercado Ver-o-Peso

·       Mangal das Garças

Mais uma das áreas reestruturadas pela cidade, o Mangal das Garças é um ponto paisagístico repleto pela flora do local e ainda com diversas aves regionais para encantar ainda mais quem passa por lá.

O local funciona de terça a domingo, das 7h às 17h (área externa), e de 9h às 17h (espaços monitorados). A entrada é franca para o parque e os ingressos para as áreas de monitoramento custam 2 reis por área ou 6 reais o preço único, e as terças a entrada franca para todas as áreas.

·       Complexo Feliz Luzitânia

O Complexo é composto por diversas construções antigas como o Forte do Presépio, a praça Dom Frei Caetano Brandão, a Casa das 11 Janelas, a Igreja de Santo Alexandre (Museu de Arte Sacra) e a Catedral Metropolitana de Belém.

Possui entrada franca para as áreas abertas e seu núcleo tem o funcionamento das 10h às 20h. Bem próximo do mercado Ver-o-peso, excelente para visitar um após o outro e aproveitar as características do local mais antigo de Belém.

Complexo Feliz Lusitânia
Foto: @saba_almeida

·       Basílica de Nazaré

Localizada na praça Justo Chermont, possui visitação de terça a domingo nos horários de 08h às 13:30h e 15h às 18:30.  É umas das únicas basílicas da Amazonia brasileira.

Sua história possui uma enorme influência no cenário religioso paranaense, e é famosa pode ser chegada do Círio de Nazaré, que é a maior procissão religiosa do Brasil.

Basílica de Nossa Senhora de Nazaré
Foto: @saba_almeida

·       Museu Paraense Emílio Goeldi

O museu fica localizado no São Braz e possui visitação de terça á domingo nos horários de 8h às 17h. Suas atividades se concentram no estudo científico dos sistemas naturais e socioculturais da Amazônia.

Com a missão de realizar pesquisas, promover a inovação cientifica, conservar acervos, formar recursos humanos e transferir conhecimentos nas áreas de ciências naturais e humanas relacionadas à Amazonia.

·       Praça do Relógio (Siqueira Campos)

Também muito próxima do mercado Ver-o-peso, a Praça Siqueira Campos, conhecida como Praça do Relógio, possui um monumento de 12 metros de altura com um relógio que foi importado da Inglaterra na década de 30.

Este monumento compõe o patrimônio histórico da região e faz parte do complexo arquitetônico e paisagístico do Ver-o-peso. É a garantia de um passeio histórico lindo e vasto.

·       Praça da República e Teatro da Paz

Esta praça repleta de mangueiras enormes é onde podemos encontra o Teatro da Paz. Sem dúvidas este é um dos mais belos teatros do país, inaugurado no período áureo da exploração da borracha na Amazônia.

Nas palavras de Leandro Tocantins, o teatro da Paz “é um monumento neoclássico por excelência”. O local que apresentou grandes operas, sofreu com o declínio da borracha e hoje se tornou um belo ponto turístico e histórico da região.

·       Bosque Rodrigues Alves

Um pedaço da floresta Amazônica que foi preservado em meio a cidade, hoje é uma das mais belas atrações do local. Com uma diversidade de fauna e flora, o bosque possui horário de visitação de terça a domingo das 8h às 17h.

O local possui um aquário com espécies originadas da própria floresta amazônica, um orquidário, lago, grutas, cascatas e até a réplica de uma montanha.

·       Parque da Residência

Local que foi a residência oficial dos governadores do estado a partir de 1934, hoje se tornou área de lazer e é a sede da secretaria estadual de cultura. Conta com um restaurante e seu anfiteatro costuma receber apresentações.

O parque possui um orquidário e uma estatua do poeta paraense Rui Barata. É um lindo local para um passeio, principalmente num dia de apresentações. Apenas mais uma das diversas atrações turísticas desta bela região.

·       Espaço São José Liberto

Antes ocupado pelo evento de São José, o prédio foi erguido pelos frades e já abrigou depósito de pólvora, quartel, hospital, cadeia e até o presídio São Jose. Hoje cedia o museu Gemas do Pará.

O espaço exibe joias e artesanatos feitos no Pará, sem contar com o espaço cultural e turístico. O local possui funcionamento de terça a sábado de 9h às 19h e aos domingos e feriados das 10h às 19h.

Quantos dias ficar em Belém?

Agora que já vimos alguns dos pontos turísticos mais marcantes de Belém surge a dúvida na hora de programar a viagem. Quantos dias são necessários para aproveitar bem tudo que esse lugar tem a oferecer?

Bom, isso vai depender do seu orçamento e disponibilidades. Em dois dias você consegue ver os principais pontos turísticos do local e aproveitar bastante uma viagem mais curta e econômica.

Se você puder exceder o fim de semana, com 3 dias você consegue ver os pontos turísticos e ainda se divertir num passeio pelas redondezas que lhe garantirá uma excelente experiência para essa viagem.

Por fim, se você estiver com bastante disponibilidade, o orçamento mais folgado e quiser fazer nem viagem bem completa, com 5 a 6 dias no local você consegue fazer ainda uma visita a ilha de Marajó que fica a 2:30 de lá.

Essa viagem com certeza ficará gravada na memória por conta de beleza, diversidade e iguarias da região que encantam a todos os visitantes que saem apaixonadas por essa bela capital.

O que fazer em Belém?

Além dos diversos pontos turísticos já apresentados, Belém tem muitas outras coisas a oferecer. O complexo turístico Ver-o-rio é uma excelente opção para se saborear uma refeição ou se apreciar uma apresentação, por exemplo.

Icoaraci, que é um dos distritos da região, localizado próximo a ilha de Marajó, também é um ótimo ponto para apreciar a gastronomia local com a culinária típica paranaense.

Existem também os belos passeios de barco que partem diretamente das Docas indo até a ilha de Marajó ou seguindo pelo rio Guamá, oferecendo uma linda vista do porto.

E para os mais nostálgicos, temos ainda um passeio de bondinho que circula todos os domingos e feriados entre as construções históricas do bairro da Cidade Velha. Dando a sensação de uma bela viagem no tempo.

Hotéis em Belém

Mais localizados no Centro da região estão os hotéis: Grão Pará – Nota:8,3 – R$150 casal e Novo Avenida – Nota:8,1 – R$120 casal. O que te garante fácil acesso aos pontos turísticos e uma excelente localização.

Já no bairro Umarizal temos o Hotel Bristol Umarizal – Nota:8,0 – R$340 casal, que é um local perfeito paras os turistas por ser movimentado e excelente para aproveitar a noite e o dia.

Os Hotéis no bairro Nazaré são próximos ao centro, um bairro bonito e aconchegante com valores medianos. As dicas para hotéis nessa região são: Hotel Marajoara – Nota:8,9 – R$155 casal e Hotel Manacá – Nota:8,2 – R$160 casal.

Se você procura um lugar mais eclético o bairro Batista Campos é o local ideal. É um bairro nobre, tranquilo e com valores bem variados. As recomendações de hotel nessa região é o Hotel Soft Inn Batista Campos – Nota:8,0 – R$130 casal.

Por último, se você quer ficar bem pertinho dos pontos turísticos da região, o bairro Campina é um dos mais antigos, portanto repleto dos pontos históricos da região. A Sugestão de Hotel do local é o Hotel Go Inn Belém – Nota:8,7 – R$130 casal.

Existe uma infinidade de hotéis para você escolher de acordo com seus orçamentos e preferencias. O importante mesmo e se planejar e encontra o lugar perfeito para sua vagem.

Restaurantes em Belém

Agora que já conhece um pouco dos pontos turísticos e já sabe onde se hospedar, as referencias sobre os bons restaurantes do lugar não poderiam ficar de fora.

..Conheça com os melhores restaurantes em Belém/PA.

Como a gastronomia é um dos pontos fortes do local, já que o estado é o foco da originalidade gastronômica da região, se você quiser saborear essas iguarias do norte, é importante saber que os restaurantes se situam principalmente na região central da cidade.

Alguns dos pontos turísticos já citados também são referência no âmbito da gastronomia e vale a pena depois de um passeio turístico parar para uma saborosa refeição.

A Estação das Docas e o Mangal das Garças possuem excelentes estabelecimento culinários que te deixarão boquiabertos com as delicias do tempero do norte.

O mercado Ver-o-peso também é um perfeito lugar para se deleitar da culinária tão original e deliciosa da região, além de se um belo ponto turístico no centro dos pontos históricos do local

Conclusão

Com todas essas opções, é fácil e muito divertido realizar uma viagem para essa região tão rica em cultura, biodiversidade e gastronomia. Um local único que garante uma experiência maravilhosa para qualquer que se proponha a conhecer.

Essa região vai te garantir belos registros, lembranças memoráveis, um vasto conhecimento da história e diversidade do local, além de trazer à tona o quão peculiar é cada região do Brasil, um país imenso e muito diverso.

Vale lembram que é sempre importante planejar a viagem com antecedência para não perder um evento desejado, um hotel de sua preferencia e conseguir opções mais viáveis economicamente.

Agora, com todas essas ideias em mente é só aproveitar e aventurar por essa cidade tão especial entre as diversas especificidades encontradas em cada cantinho do país.

×

Bem-vindo ao atendimento Agência VemParaAlter. Meu nome é Thiago. Como posso atendê-lo(a)?

× Como posso te ajudar?